Presidente do BCE diz que banco se prepara para forte contração econômica

Nesta quinta-feira (16), presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, disse a autoridades financeiras de todo o mundo que a instituição já está se preparando para uma “grande contração” na economia da zona do euro e, pelo menos inicialmente, para uma queda na inflação.

“Na área do euro, os dados econômicos recebidos, particularmente os recentes resultados de pesquisa, começaram a mostrar quedas sem precedentes, apontando para uma grande contração na produção na zona do euro, bem como para a rápida deterioração dos mercados de trabalho”, disse Lagarde ao Comitê Monetário e Financeiro Internacional.

Produção industrial

Em fevereiro, a produção industrial da zona do euro caiu ligeiramente, um mês antes de as restrições contra o coronavírus serem amplamente adotadas na Europa, devido a perdas em bens de capital e bens duráveis ao consumidor após forte alta em janeiro.

A produção recuou 0,1% na comparação com o mês anterior nos 19 países que usam o euro após aumento de 2,3% em janeiro. A expectativa em pesquisa da Reuters era de recuo de 0,2% em fevereiro.

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, a produção industrial caiu 1,9% após queda de 1,7% em janeiro e expectativa de perda de 2,0%.

No geral, as fábricas aumentaram a produção de bens intermediários e de bens não-duráveis ao consumidor pelo segundo mês seguido, embora a uma taxa mais lenta do que em janeiro.

Entretanto, a fabricação de bens de capital como ferramentas e maquinário recuou 1,5% e as de bens de consumo duráveis caíram 2,0% na comparação com janeiro, quando ambas as categorias subiram com força.

 

Fonte.

Imagem: A presedente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde.

Foto: REUTERS/Vincent Kessler/File Photo

Adicionar comentário